domingo, março 19, 2006

O palhaço




Gostava só de lixeiros crianças e árvores
Arrastava na rua por uma corda uma estrela suja.
Vinha pingando oceano!
Todo estragado de azul.

in: Matéria de Poesia



Foto: Eu, de palhaça Borboleta

2 comentários:

Sayô disse...

Olá
Sou fascinada pela poesia de Manoel de Barros.
Tenho um blog o qual faço posts com sua poesia dele também.
Espero sua visita
Abraço

Mariana disse...

Amo o trabalho de Manoel de Barros, e andei 'fuçando' a comunidade dele no orkut e achei seu blog. Ainda não tive tempo pra ver tudo, mas boto fé no seu trabalho.
Tenho procurado qualquer material sobre ele na internet, mas como não consigo me adaptar ao mundo virtual, não encontrei muita coisa. No máximo alguns poemas soltos e sua biografia.
Se puder me ajudar, fico grata, deixo meu e-mail/msn pra contato: mari_knierim@hotmail.com

Parabéns pelo trabalho!!

~> Grata, Mariana